"Apresentando técnica e sensibilidade na guitarra e no violão, o músico desenvolve belas composições próprias acompanhado de um time afiado de instrumentistas e um belo naipe de metais".
(Guitar Player)

Guitarrista, violonista, compositor e produtor, iniciou sua formação musical aos 8 anos de idade estudando piano clássico. Em seguida, de forma autodidata, passou para o violão. Estudou com o maestro Aluísio Didier e passou também por cursos da Pró-Arte e do Instituto Villa Lobos (RJ). O desejo de aprimoramento e a vontade de vivenciar outras culturas, fez com que o próximo passo fosse sua ida para Boston (EUA), onde estudou de 1981 a 1984 na mais famosa escola de Jazz do mundo: a Berklee College of Music. Em 1983, forma a banda de Latin Jazz "Samambaia", com a qual se apresenta extensivamente durante 2 anos no circuito das mais importantes casas noturnas de Boston.

Volta ao Brasil em 1985, e aqui chegando participa das bandas "Quarto Crescente" (86) e "Matéria Prima" (88). Paralelamente, acompanhou artistas como Peri Ribeiro, Bia Bedran, Ana Lemgruber e Clarisse Grova. Fez também diversas temporadas em duo com os guitarristas Tavinho Bonfá e Marcos Amorim, separadamente.

Em 1990, Roberto inicia uma carreira solo, formando pela primeira vez uma banda em seu nome. Suas composições passam então a ser a base do repertório do grupo, que em sua versão atual conta com: Roberto Rosemberg (guitarra e violão), Tino Junior (sax e flauta), Fernando Moraes (teclados), Ênio Santos (contrabaixo), Kesso Fernandes (bateria) e Dom Chacal (percussão). Esse sexteto foi o núcleo básico que gravou o CD "Circular", lançado em Agosto de 2002.

Desde 1993, Roberto vem atuando também com uma formação mais reduzida, o Roberto Rosemberg Trio, tendo cumprido extensas temporadas no Guimas Fashion Mall, Bartolomeu, Guilhermina Café e Havana Café. Desde essa época mantém atividade incessante, tendo sido atração fixa de casas como Ataulfo (2000), Brasserie Europa (Dez. 2001/Abril 2002), além de projetos no Sesi, Ibeu, Letras e Expressões, Terraço Rio Sul, Sextas de Jazz (Hotel Novo Mundo), Pátio Havana (Búzios), Lona Cultural de Anchieta, Centro de Arte Hélio Oiticica, Café Concerto (Búzios), Rio Design Barra, entre outros. Atualmente o Trio é formado por: Roberto Rosemberg (guitarra e violão), Ênio Santos (contrabaixo) e Kesso Fernandes (bateria). O Trio desenvolve um repertório eclético que inclue MPB, Salsa, Jazz e Blues tendo como principal característica uma música altamente "swingada" e com grande liberdade de improvisação.

De junho de 2001 à novembro de 2002, Roberto atuou também como produtor, fazendo a direção musical do projeto Rio Design Barra Instrumental, que se tornou um importante canal de divulgação da rica cena instrumental do Rio de Janeiro .

O Músico

Como instrumentista, Roberto se divide entre a guitarra e o violão, exibindo um estilo econômico, de voz própria e bastante direto. Na guitarra, sua principal influência é Wes Montgomery, mas cita também como outros favoritos George Benson, John Scofield, Robben Ford, Heraldo do Monte, Luis Salinas, Carlos Santana e Jimi Hendrix. O Jazz trouxe também o gosto pelos instrumentos de sopro que passaram a influenciar decisivamente o seu estilo.

Admira ainda o trabalho de músicos como Miles Davis (a quem dedica uma música do CD), Sonny Rollins, Hermeto Pascoal, Moacir Santos, e Joe Zawinul.

Como compositor, desenvolve um trabalho de traços marcadamente brasileiros, com fortes influências do Jazz, do Blues e da música Afro-Latina em geral. Suas composições misturam ritmos como Baião, Salsa, Chorinho, Jazz, Afoxé, Samba, Soul, e etc. O resultado é um som criativo, que atinge uma grande parcela de público dada a diversidade de propostas.

 

 

1. robertorosemberg

2. circular

3. fotos

4. clipping

5. partituras

6. contato

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


(C) Copyright Roberto Rosemberg 2002 - Todos os direitos reservados.
Projeto Gráfico por Guilherme Rosemberg.